[1]
E. M. B. Ramos e L. C. S. de Sousa, “Direito à saúde e Unidades de Tratamento Intensivo Neonatal (UTINs): uma breve reflexão sobre a eficácia das decisões judiciais no Estado do Maranhão”, Esp.Jur., vol. 18, nº 2, p. 525–544, ago. 2017.